Minha foto

Sou o tipo de pessoa incansável. Faço de tudo o tempo todo e gosto de construir resultados. Locutor, apresentador, colunista, escritor e defensor da língua alemã Hunsrickisch, apaixonado pela música alemã e pela culinária, tenho por hobby cozinhar, pintar quadros a óleo e tocar contrabaixo. Eletrotécnico de carreira, me aposentei nesta profissão, e agora, além de manter ainda minha oficina eletrônica trabalho como voiceover internacional em e-learnings e wbt. Amo tudo o que faço.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Saiu no Jornal Biguaçu em Foco - Biguaçu, SC

Amigos e amigas da nossa querida língua alemã Hunsrickisch. Desde a última Segunda-feira, dia 24 de Maio, estreiei uma coluna em alemão Hunsrickisch no Jornal Biguaçu em Foco da cidade de Biguaçu, vizinha de Florianópolis, Santa Catarina. Lá temos também falantes da língua alemã Hunsrickisch e assim como no vizinho município de Antônio Carlos, eles tem interesse na divulgação de nossa cultura e começou o movimento de resgate da língua de nossos antepassados.
     Assim que novas notícias e colunas referentes forem publicadas, passarei a postá-las aqui no blog.
     Abaixo, matéria sobre o resgate dos dialetos minoritários na Rússia e a minha primeira coluna neste jornal. Esta é a prova de que algo está sendo feito para trazermos de volta com toda a força e eficiência o alemão Hunsrickisch que foi dilapidado e proibido nos tempos da segunda guerra quando ele começou a perder o uso e devagarinho foi desaparecendo.
--------------------------
TRADUÇÃO:
     Fróinde un fróindine fon unsere liiwe daitsche hunsricka chprooch. Fon dem letste montach, fia un tswantsichte móoi hon ich en coluna uf hunsricka daitsch óngefang im Jornal Biguaçu em Foco fon de chtat Biguaçu, nochbarin fon Florianópolis, Sante Catarine. Dort hon mea óoch chprecha fon dem daitsche hunsricka chprooch, un óoch wi im nochbere municip Antônio Carlos, hon se interesse in de fachtrauung des unseres cultur, un hot de moviment óngefang de de chprooch des unseres foakomma tsurrick bringe.
    So, wi naie columne un naie novitse do driwa publikead wérre, tuhn ich se hia in dem blog foa bringe.
    Do unna, en materii iwa di tsurrick hollung des kleenste dialekt chprecha fon Russland un main eascht coluna in denna tsaitung. Dieses is di proof das etwas am getun gewe is fa mit kraft un efitsients unsere hunsricka daitsch tsurrick am gebrung gewe is, de wo faboot un fasaimet geb is in de tsaite dem tswette griich, wann ea di nutsung so lamsam fagehn geloss hot.

 Minha coluna: De naie Vereadoa:

Coluna sobre línguas minoritárias na Rússia:





Nenhum comentário:

Postar um comentário