Minha foto

Sou o tipo de pessoa incansável. Faço de tudo o tempo todo e gosto de construir resultados. Locutor, apresentador, colunista, escritor e defensor da língua alemã Hunsrickisch, apaixonado pela música alemã e pela culinária, tenho por hobby cozinhar, pintar quadros a óleo e tocar contrabaixo. Eletrotécnico de carreira, me aposentei nesta profissão, e agora, além de manter ainda minha oficina eletrônica trabalho como voiceover internacional em e-learnings e wbt. Amo tudo o que faço.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Eclierun - Esclarescimento

Ouça este texto gravado aqui: Hea das graveadne chteck do hia:


Eclierun:

Fill personen hon mich chon questionead iwa di form wo ich unsere hunsricka daitsch chraiwe, wall si sóon das weat en falsch chraibung form, das es net marken giebt in daitsch an de wétta un das ich in de form wo ich chraiwe tuhn de hunsricka daitsch atrapaliere in sain original form.
Gut, iwa das, hon ich óoch main questionen: weche was hon di lait wo mich crititsire tuhn noch nii ene hunsricka tekst gepléent un hon noch nii en bessa form oda en bekêptnis form gekrint fa di chraibung des chprooch waitahalle?
Es is laicht, wall crititsire is laicht, awa wenn es héest sich gewe fa ene gutes tsu alle, oda fa nics chaffe fa etwas wo soll fa ima blaiwe, alles wett meh chlimma. Un noch wenn es soll en nai form geschribung werde fa ene chprooch wo nohre geschprooch eksistiat.Wenn mea gehn di form fon dem chprooch uf de hoch daitsch setse, chpringt de chprooch fon dem original, un giebt fadaitscht, etwas gans anischta als wi mea es hia chpreche.
Ene ganse laichte eksempel, awa wo di richtich notsion gibt fon dem problem wo is di chraibum betribe ohne di fonetik énnre:
"Di fróo wohnt dort uwe uf dem bérrich in en haus wo meh aus sid als ene chwaineschtall, wall dot lebe unnana hinkle, chwain un lait in dem sêlwiche plats. "
In hunsricka daitsch, ufgelêet an de clássische daitsch gebt es so:
"Dieser frau wo dort über wohnt auf dem berrig in ein haus wo mehr aus siegt alls einer schweinenstall, weil dort leben beinander hinkle, schwein und leute in dem selber platz. "
Es hot gónics se sóon mit de form wo mea do hia chpreche.
Uns're hunsricka daitsch is ene dialekt. Un wenn es so is, es gibt khéhn correct form oda falsch fa de schraiwe wall ea hot khéhn gramatisch un alla formen fa de sich ekspressire sinn waita geschaft gieb dôrrich di chtimm wehrem di ganse sékulem.
Di woahéed is nohre énes: wall es net en oficial chrift form gibt, un wall seine genetste chprooch sistem, fon dem chprooch sich dorrich geholl hot dorrich di ganse sékulem, unsa actual mission is de chprooch halle in sain meascht originell form, chpreche gród so wi unsa foaschtammung hot geschproch un uf das blóod setse di best form fa das de chprooch gelêest giebt un beckept giebt.
In dem sinn, hon ich raus gesucht de hunsricka daitsch uf di portugiesischa fonetisch un emblematisch form setse als so wall nóin un nóintsich protsent fon de lait wo hunsrickisch chpreche, chraiwe de portugiesisch. Es giebt nics meh logisch in dem sinn, wall wen ich wées chraiwe un mich comunikire in portugiesisch, dann wérre ich es óoch wisse chraiwe un mich comunikire in hunsrickisch, wall was énnad is de chprooch un net di pontuatsion un sain chraiwun form.
Ich komme chon tsait meh als tswantsich ioa hunsricka tekste am ufsetse, un ima noch hon ich di hunsricka chrift uf di portugiesischa chraiwun logisch form ufgesetst, wall so, sicha herre unsa lait meh laichtichkhéd fa de chprooch beckeppe wo sain elltre un sain foakomme geschproch hon.
Ich wées das in weltes form kann es bissie incomodire wall ich de chprooch uf di portugiesischa regel form ufgesetst hon, awa, fon de fille leesa wo ich in de gans welt hon, hon ich bis hait noch khéhn reclamatsion grid iwa di form wo ich di facten uf das papia setse.

-----------------------------------

Tradução: Esclarescimento.

Muitas vezes já me foi questionado a forma como eu escrevo o nosso alemão hunsrickisch, dizendo que é uma forma errada de escrever, que não existem acentos no alemão e que do jeito como escrevo atrapalho a língua hunsrickisch na sua forma original de ser.
Bom, quanto a isto, tenho também os meus questionamentos: por que as pessoas que me criticam nunca criaram um texto em hunsrickisch e nunca propuseram uma forma melhor e mais
compreensível de perpetuar nosso alemão através da escrita?
Simplesmente porque criticar é fácil, mas, quando é para se doarem para um bem comum, ou trabalharem de graça em prol de algo que possa ser eternizado, tudo fica muito difícil. Ainda mais se for para criar uma nova escrita para uma língua que só existe falada. Se formos assentar a forma escrita em cima do alemão Clássico, a pronúncia foge do original, vindo a ser 'alemonizada', algo bem diferente da forma como falamos aqui.
Um exemplo bem simples, mas que nos dá a verdadeira noção do problema que é desenvolver uma escrita a fim se sua fonética não mudar:
"Esta mulher mora lá em cima do morro numa casa que mais parece um chiqueiro, pois lá convivem galinhas, porcos e pessoas no mesmo espaço. "
Em alemão hunsrickisch baseado no alemão clássico ficaria assim:
"Dieser frau wo dort über wohnt auf dem berrig in ein haus wo mehr aus siegt alls einer schweinestall, weil dort leben beinander hinkle, schwein und leute in dem selber platz. "
Não tem nada a ver com a forma como nós falamos aqui. Agora, alicerçado no português, esta mesma frase:
"Di fróo wohnt dot uwe uf dem bérrich in en haus wo meh aus sid als ene chwaineschtall, wall dot lebe unnana hinkle, chwain un lait in dem sêlwiche plats."
Nosso alemão hunsrickisch é um dialeto. E, sendo assim, não existe uma forma correta ou errada de escrevê-lo já que ele não tem gramática e todas as formas de se expressar foram
passadas de boca em boca durante todos estes séculos.
A verdade é uma só: como não tem uma forma escrita oficial, e como seu engenhoso sistema de fala, de língua passou estes séculos todos e sobreviveu a tudo, nossa missão atual é de mantermos sua forma o mais original possível da fala, falando tal qual nossos antepassados e colocando no papel a forma melhor de ser lida e interpretada esta língua.
Neste sentido, eu optei por sobrepor a língua hunsrickisch à fonética e emblemática da língua Portuguesa já que 99 por cento das pessoas que falam hunsrickisch escrevem o português. Não existe nada mais lógico neste sentido, afinal, se eu sei escrever e me comunicar em português, também saberei escrever e me comunicar em alemão hunsrickisch, pois o que muda é a língua, mas não a pontuação e a forma de sua escrita.
Venho produzindo textos em alemão hunsrickisch já há mais de 20 anos, e sempre alicercei a língua hunsrickisch na lógica da escrita do português, pois assim com certeza nossas pessoas teriam mais facilidade de assimilarem a língua que seus pais e antepassados falavam.
Sei que em nível de mundo isto pode ter alguns incômodos por eu ter baseado esta língua sobre a regra de pontuação portuguesa, mas, dos inúmeros leitores que possuo no mundo inteiro, até hoje ninguém reclamou sobre esta forma de colocar os fatos no papel.