Minha foto

Sou o tipo de pessoa incansável. Faço de tudo o tempo todo e gosto de construir resultados. Locutor, apresentador, colunista, escritor e defensor da língua alemã Hunsrickisch, apaixonado pela música alemã e pela culinária, tenho por hobby cozinhar, pintar quadros a óleo e tocar contrabaixo. Eletrotécnico de carreira, me aposentei nesta profissão, e agora, além de manter ainda minha oficina eletrônica trabalho como voiceover internacional em e-learnings e wbt. Amo tudo o que faço.

sábado, 3 de janeiro de 2009

Aprendendo o Hunsrickisch - 24 - Verbos

Conjugação do verbo SOMAR - SAMMA TSEHLE

Presente: Ich tsehle samma, du tsehlst samma, de tsehlt samma. Mea tsehle samma, dea tsehlt samma, di tsehle samma.

Pretérito perfeito: Ich hon samma getsehlt, du host samma getsehlt, de hot samma getsehlt. Mea hon samma getsehlt, dea hot samma getsehlt, di hon samma getsehlt.

Pretérito imperfeito: Ich het samma getsehlt, du hest samma getsehlt, de het samma getsehlt. Mea herre samma getsehlt, dea het samma getsehlt, di herre samma getsehlt.

futuro do presente: Ich will samma tsehle, du willst samma tsehle, de will samma tsehle. Mea wolle samma tsehle, dea wollt samma tsehle, di wolle samma tsehle.

Futuro do pretérito: Ich mecht samma tsehle, du mechst samma tsehle, de mecht samma tsehle. Mea mechte samma tsehle, dea mecht samma tsehle, di mechte samma tsehle.

Gerúndio: am samma tsehle.

Particípio: samma getsehlt.

Exemplos:

Ele somou seus esforços para atravessar aquele rio a nado.
De hot sain krafte samma getsehlt fa de fluss dôrrich chwemme.

Tenho duas tias que juntas somam setenta anos.
Ich hon tswói tante wo mit samma tsehle sibtsich ioa.

Um dia somarei todas as cervejas que já tomei.
Ene tóoh will ich samma tsehle di ganse biasch wo ich chon getrunkt hon.

---------------------------

CONJUGAÇÃO DO VERBO DIVIDIR: AB TSEHLE

A conjugação do verbo dividir é idêntica à conjugação do verbo somar. Basta você substituir a palavra SAMMA por AB.

Nos exemplos:

Ele dividiu seus bens ainda em vida.
De hot sain dings noch in'm (in em) lebe ab getsehlt.

Eu divido meu quarto com meu irmão.
Ich tsehle ab main tsimma mit maine bruda.

Observação: no caso da frase acima, muitos dizem erroneamente assim:
Ich fatéele main tsimma mit maine bruda.
Tradução: eu compartilho meu quarto com meu irmão.

Qualquer dia dividirei meu canteiro em hortaliças diferentes.
Iênich tóoh will ich maine góde ab tsehle in etliche gemiise.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Aprendendo o Hunsrickisch - 23 - Verbos

Conjugação do verbo ACARICIAR - CHTRAICHLE

Presente: Ich chtraichle, du chtraichelst, de chtraichelt. Mea chtraichle, dea chtraichelt, di chtraichle.

Pretérito perfeito: Ich hon geschtraichelt, du host geschtraichelt, de hot geschtraichelt. Mea hon geschtraichelt, dea hot geschtraichelt, di hon geschtraichelt.

Pretérito imperfeito: Ich het geschtraichelt, du hest geschtraichelt, de het geschtraichelt. Mea herre geschtraichelt, dea het geschtraichelt, di herre geschtraichelt.

Futuro do presente: ich will chtraichle, du willst chtraichle, de will chtraichle. Mea wolle chtraichle, dea wollt chtraichle, di wolle chtraichle.

Futuro do pretérito: ich mecht chtraichle, du mechst chtraichle, de mecht chtraichle. Mea mechte chtraichle, dea mecht chtraichle, di mechte chtraichle.

Gerúndio: am chtraichle.

Particípio: geschtraichelt.

Exemplos:

Você seria muito mais acariciada se fosse mais carinhosa com as pessoas.
Du mechst fill meh geschtraichelt werre wenn du meh tsódich weast mit de lait.

Ele acariciou seus longos cabelos.
De hot sain lange hoa geschtraichelt.

Nós acariciamos sempre as pessoas quem amamos.
Mea chtraichle ima di lait wo mea liebe.

Ela passa a vida acariciando as pessoas.
Di fasaimt sein lebe di lait am chtraichle.

Aprendendo o Hunsrickisch - 22 - Verbos

Conjugação do verbo FAZER - MACHE

Presente: Ich mache, du machst de macht. Mea mache, dea macht di mache.

Pretérito perfeito: Ich hon gemacht, du host gemacht, de hot gemacht. Mea hon gemacht, dea hot gemacht, di hon gemacht.

Pretérito imperfeito: Ich het gemacht, du hest gemacht, de het gemacht. Mea herre gemacht, dea het gemacht, di herre gemacht.

Futuro do presente: Ich will mache, du willst mache, de will mache. Mea wolle mache, dea wollt mache, di wolle mache.

Futuro do pretérito: Ich mecht mache, du mechst mache, de mecht mache. Mea mechte mache, dea mecht mache, di mechte mache.

Gerúndio: am mache

Particípio: gemacht.

Exemplos:

Eu farei o trabalho!
Ich will mache di órwed!

Eu quero fazer este trabalho!
Ich will di órwed mache!

Nunca fizeram tanto para fazer a vontade desta pessoa.
Nii hon di so fill gemacht fa de person saine luste mache.

Nós fizemos uma aposta na loteria.
Mea hon en wettung gemacht an de loterii.

Nós fazemos uma aposta na loteria.
Mea mache en wettung an de loterii.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Comentário que me emocionou.

Gente, recebi este comentário lá no orkut mas fiquei com muito mais entusiasmo ainda de levar adiante o projeto de reensinar o Hunsrickisch.
Comentário:

Deize:

Caro Pio,
Acabei de ver seu vídeo, entrevista.Chorei muito de saudade dos meus familiares que já se foram, morar com Deus, minha mãe nasceu em N.Petrópolis, Drechsler familie. E nós em casa só falávamos alemão. No início da juventude tinha vergonha porque não falava gramatical agora me orgulho do "hundsrich", é um dialeto que é falado na Floresta Negra, de onde são originários meus antecedentes, e de onde saiu a receita da torta maravilhosa do mesmo nome.Já que os alemãos são pródigos cozinheiros de doces também. Abraços, Sra. Deize.
O link para você rever o vídeo ao qual ela se refere:

Di Holtsbêere - Os Cupins / Tradução

OS CUPINS

A história que hoje estou lhes contando aconteceu de verdade.
Nós viajamos de férias para Santa Catarina na ilha, na bela praia de Armação.
Para então ficarmos lá durante dez dias, alugamos uma casa. Era uma belíssima casa de madeira com ricos detalhes e uma área cercando toda sua frente. Lá então, a gente podia instalar as redes e deitar sobre elas para se espreguiçar. Era uma casa grande, com três quartos e uma cozinha grande.
Estava tudo muito bom, aproveitamos bastante o mar porque choveu pouco. O sol sempre foi nossa companhia.
Mas a casa, assim que nós a começamos a observar mais detalhadamente, descobrimos que estava minada de cupins. Gente, é inacreditável a quantidade de cupins que moravam naquela casa.
Em cada tábua, em cada nó, em todos os cantos para onde se olhava, via-se os cupins fazendo seu trabalho.
Quando a gente se deitava na cama, se via toda a função dos cupins: alguns sentavam ao redor de peqenas mesinhas de ferro jogando cartas, com uma cervejinha ao seu lado.
Eles berravam e gritavam, era um movimento cheio de alegria. Junto deles tinha um mais velho que parecia ser seu chefe. Ele tinha ao seu lado um copo de cachaça e a cada pouco sorvia um gole. Ele até já se encontrava meio bêbado.
Eu comecei a observar o cupim mais velho. De repente, ele largou um brado, saindo dali e foi para casa. Quando chegou na parede onde era o seu buraco queria entrar nele mas ele não encontrou sua entrada. Então ele caiu ao chão e simplesmente adormeceu.
Os outros cupins continuaram jogando cartas. Era uma gritaria tamanha que não consegui dormir. Então olhei para o outro lado e vi um casal de cupins fazendo amor.
Minha gente! Isto era um agito e um estardalhaço dos maiores. E eles não se importaram que eu os estava vendo. Os outros cupins passavam devagar por eles e nem os olhavam.
No dia seguinte, o tempo estava divinamente belo. O sol torrava do céu como se realmente quisesse nos devorar. Juntamos tudo para irmos ao mar: um isopor cheio de cerveja, uma cadeira, um óculos de sol preto para olhar escanteado as garotas e um guarda-sol.
Eu tinha um belo e forte guarda-sol de estrutura de madeira. Então, nos sentamos de fronte ao mar sobre a bela areia branca. Abri o guarda-sol, sentei debaixo dele e abri uma latinha de cerveja.
Nós estávamos em plena conversação e observando as garotas argentinas. Elas tem uma bela cor de cuia, mas não tem bunda. Elas tem um gingado estranho quando caminham. De repente, olho para o chão, ... sabem o que vi? Vocês não vão acreditar: vi ali meia dúzia de garotas-cupins deitadas tomando banho de sol. Seus rapazes cupins também estavam sentados ali ao lado conversando.
Quando me dei conta, não tinha mais cabo de guarda-sol, os cupins haviam roído ele todo.
E, acreditem, tive que parar de escrever esta história porque os cupins estavam roendo o meu lápis.
(qualquer semelhança é mera coincidência)

domingo, 28 de dezembro de 2008

Bissie Gelô - di Holtsbêere (ouça aqui)

DI HOLTSBÊERE

Das chteck wo ich do hait aich fatsêele will, is rackstich woa passiat.
Mea sin tsu fêrie gerréest tsu Santa Catarina un de insel an de chehn praia Armação.
Fa dort dan tsen tóoche blaiwe hon mea uns en haus gemiht. Das wód en ausnams chehnes holtshaus mit faine geschtella un en grohs area fonne romm.
Do konnt ma dort dann di redes hin henge un sich faul druf leie. Es wód en grohs haus, mit drai tsimmre un en grohs kich.
Es wód alles chehn un gut, mea hon es meia fill benutst wall es wênich gerrehnt hot. Di sonn wód ima debai gewehs.
Awa, das haus, so wi mea das lamsam óngefang hon se beôbachte, hon ma gesihn das es foll holtsbêere wód. Dea lait, es is unnglóbich wi fill holtsbêere in dem haus am wohne wóore.
In ieda prett, in ieda klots, in alla ecke, wo ma hin gekukt hot, hot ma di holtsbêere gesihn sain órwed am tun.
Wenn ma sich uf es bed gelêeht hot, dan hot ma di gans wettschaft fon de holtsbêere gesihn: êtliche hon do um klene áissne tíschia gesitst un gekód, mit en flêschie bia newa dróon.
Di hon geiúckst un geschróid, das wód ene moviment foll frôhhéd. Do wód ene bissie elltre debai, de hot so ausgesihn wi ea de cheff weat. Un hat en glêssie chnaps bai sich un hot alla gebott gedrunk. De wód chon bis bissie besoff.
Ich hon óngefang das elltre holtsbea se beôbachte. Uf émol, horra ene iúcks geloss un is dort weg gang tsu hémm. We ea foa sain loch an de wand wó, herra wolle renn krawle awa ea hot net es loch gefunn. Do is ea uf de bodem gefall un rackstich dort enngeschloof.
Di andere holtsbeere hon waita gekód. Das wód en iuckserai das ich net ennschloofe konnt. Do, guke ich no de anna sait, do sihen ich en pêache holtsbêere sich am liwe.
Dea lait! Das wód ene ratau un en raplerai fon de grehste. Un di hon sich nics draus gemacht das ich es gesihn hon. Di anderer holtsbêere sin óh lamsam langst si gang un hon sin góned óngekukt.
Am andere tóh, do wód es wetta ausnams chehn. Di sonn hot fon em himmel gepuft wi si uns ráckstich fresse wollt. Mea hon alles samma gerrof fa an es mea gehn: en áis-kêstie foll bia, ene chtuhl, ene chwatse sonne-brill fa eck-kantich no de medcha gucke un ene sonne-chérrem.
Ich hat ene chehne un chtarrke sonne-chérrem mit en holts geschtell. Do, hon mea uns foa es mea gesitst, uf em chehne waisse sand. Ich hon de sonne-chérrem uf gemacht, mich drunna gesestst un en plêchelche bia uf gemacht.
Mea wóore dick am fatsele un di argentina med am beôbachte. Si hon ene chehne cuie farreb, awa khen óschbacke. Si wackle so chpassich wen si gehn. Uf émol guke ich tsum bodem, ..hot dea gewwusst was ich gesihn hon? Dea wéts mea net glóobe: Ich honn dot en halleb tutsend holtsbêere medcha gesihn dot am laie un ene sonne bód am mache. Sain holtsbêere kélle hon do newe drón gesitst un óh fatsêelt.
Wi ich mich umm sihen hat, wód khene chtihl fon em sonne-chérrem me dô, di holtsbêere harre alles fafress.
Un, klóbt es mea, ich must ráckstich woa das geschicht do nô losse se chraiwe wall di holtsbêere hon maine lápis gans fafress.
(iedea enlichkaite sin nua cointsidense).