Minha foto

Sou o tipo de pessoa incansável. Faço de tudo o tempo todo e gosto de construir resultados. Locutor, apresentador, colunista, escritor e defensor da língua alemã Hunsrickisch, apaixonado pela música alemã e pela culinária, tenho por hobby cozinhar, pintar quadros a óleo e tocar contrabaixo. Eletrotécnico de carreira, me aposentei nesta profissão, e agora, além de manter ainda minha oficina eletrônica trabalho como voiceover internacional em e-learnings e wbt. Amo tudo o que faço.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Bissie Gelô - di Holtsbêere (ouça aqui)

DI HOLTSBÊERE

Das chteck wo ich do hait aich fatsêele will, is rackstich woa passiat.
Mea sin tsu fêrie gerréest tsu Santa Catarina un de insel an de chehn praia Armação.
Fa dort dan tsen tóoche blaiwe hon mea uns en haus gemiht. Das wód en ausnams chehnes holtshaus mit faine geschtella un en grohs area fonne romm.
Do konnt ma dort dann di redes hin henge un sich faul druf leie. Es wód en grohs haus, mit drai tsimmre un en grohs kich.
Es wód alles chehn un gut, mea hon es meia fill benutst wall es wênich gerrehnt hot. Di sonn wód ima debai gewehs.
Awa, das haus, so wi mea das lamsam óngefang hon se beôbachte, hon ma gesihn das es foll holtsbêere wód. Dea lait, es is unnglóbich wi fill holtsbêere in dem haus am wohne wóore.
In ieda prett, in ieda klots, in alla ecke, wo ma hin gekukt hot, hot ma di holtsbêere gesihn sain órwed am tun.
Wenn ma sich uf es bed gelêeht hot, dan hot ma di gans wettschaft fon de holtsbêere gesihn: êtliche hon do um klene áissne tíschia gesitst un gekód, mit en flêschie bia newa dróon.
Di hon geiúckst un geschróid, das wód ene moviment foll frôhhéd. Do wód ene bissie elltre debai, de hot so ausgesihn wi ea de cheff weat. Un hat en glêssie chnaps bai sich un hot alla gebott gedrunk. De wód chon bis bissie besoff.
Ich hon óngefang das elltre holtsbea se beôbachte. Uf émol, horra ene iúcks geloss un is dort weg gang tsu hémm. We ea foa sain loch an de wand wó, herra wolle renn krawle awa ea hot net es loch gefunn. Do is ea uf de bodem gefall un rackstich dort enngeschloof.
Di andere holtsbeere hon waita gekód. Das wód en iuckserai das ich net ennschloofe konnt. Do, guke ich no de anna sait, do sihen ich en pêache holtsbêere sich am liwe.
Dea lait! Das wód ene ratau un en raplerai fon de grehste. Un di hon sich nics draus gemacht das ich es gesihn hon. Di anderer holtsbêere sin óh lamsam langst si gang un hon sin góned óngekukt.
Am andere tóh, do wód es wetta ausnams chehn. Di sonn hot fon em himmel gepuft wi si uns ráckstich fresse wollt. Mea hon alles samma gerrof fa an es mea gehn: en áis-kêstie foll bia, ene chtuhl, ene chwatse sonne-brill fa eck-kantich no de medcha gucke un ene sonne-chérrem.
Ich hat ene chehne un chtarrke sonne-chérrem mit en holts geschtell. Do, hon mea uns foa es mea gesitst, uf em chehne waisse sand. Ich hon de sonne-chérrem uf gemacht, mich drunna gesestst un en plêchelche bia uf gemacht.
Mea wóore dick am fatsele un di argentina med am beôbachte. Si hon ene chehne cuie farreb, awa khen óschbacke. Si wackle so chpassich wen si gehn. Uf émol guke ich tsum bodem, ..hot dea gewwusst was ich gesihn hon? Dea wéts mea net glóobe: Ich honn dot en halleb tutsend holtsbêere medcha gesihn dot am laie un ene sonne bód am mache. Sain holtsbêere kélle hon do newe drón gesitst un óh fatsêelt.
Wi ich mich umm sihen hat, wód khene chtihl fon em sonne-chérrem me dô, di holtsbêere harre alles fafress.
Un, klóbt es mea, ich must ráckstich woa das geschicht do nô losse se chraiwe wall di holtsbêere hon maine lápis gans fafress.
(iedea enlichkaite sin nua cointsidense).

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

HIN UN HEA / WAINACHTS NACHT - TRADUÇÃO.

POR AÍ / TRADUÇÃO

NOITE DE NATAL

Muitos anos se passaram desde os tempos em que eu era um guri pequeno e ainda acreditava no Papai Noel.
Mas é uma sensação que a gente nunca esquece. Meu Deus, como era bonito de manhã, no dia do Natal levantar e ver o que o Papai Noel havia trazido. Mesmo que era somente um tecido para uma camisa nova.
Então, na semana seguinte nossa mãe já nos levava até a costureira para ela tomar nossas medidas a fim de confeccionar uma nova camisa. Nós então ficávamos ufanos porque tínhamos uma camisa nova de Natal.
Hoje em dia as crianças não valorizam mais estas coisas. Claro, hoje em dia é tão fácil entrar numa loja e comprar uma camisa, do feitio e do tecido que se imagina.
Então, chega o dia de Natal, e os parentes todos trazem camisas para as crianças. Então o armário fica repleto (de camisas) e a gente não sabe qual será a primeira camisa que se vestirá no filho.
Mas, também existiram os tempos em que não se acreditava tanto nos presentes, e sim, se pensava mais no nosso andar. E muitas vezes não éramos tão bons com nossos vizinhos ou com os parentes. Então, nas semanas que antecediam o Natal, os pais viajavam até o parente e reiniciavam o relacionamento.
Os vizinhos também eram procurados com uma dúzia de ovos embaixo do braço, ou com um grande e apetitoso pão de trigo. Sempre era assim: primeiro nossa mãe nos mandava levar até lá um presente.
- Vizinha, nossa mãe enviou estes ovos. Só que pede que usem logo porque eles já tem uma semana de idade. A mãe também perguntou se pode vir de tardezinha aqui tomar um chimarrão.
- Sim, certamente! - Responde a vizinha. - Diz para a tua mãe que ela pode vir sem nenhum problema, eu vou me organizar para isto.
Assim aconteceu. A mãe foi visitar a vizinha e a partir daquele dia a amizade foi para frente e se fortificou. Só faltou um pouco de boa vontade.
Vamos nós olhar neste Natal para nossos conhecidos e pensar o que nós podemos fazer para que tudo corra melhor. Seria um dos melhores presentes para o ano novo. Nosso coração se sentirá leve e assim tudo andará melhor nos negócios e com nossa saúde. Experimente!

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

HIN UN HEA / WAINACHTS NACHT

WAIHNACHTS NACHT

Fill iore sin chon fagan fon de tsaite wo ich ene klene guri wód un hat noch an de Pelts Nickell geklóbt.
Es is awa en fiilung wo ma ni fagisst. Mein Gott, wi wód das chehn móinds, am Wainachtstóh uf chtaie un sihen das es Kristkinntche etwas uns gebrun hot. Wenn es ach nohre ene naie tsaich chtoff wód fa en nai hemmtche mache.
Dan, in de negst woch is chon di mamai mit uns bai di nêderin gang un si hot unsa moos abgeholl fa en nái un fain hemmt se mache. Mea sin dan ausnams prosich gieb wall ma en nái Wainachts hemmt harre.
Haitsestóhe tun di kenna so was ni me fawehre. Gewiss, es is doch so laicht in es gescheftshaus gehn un en nai hemmt kóofe, bíllich un in de form un in dem chtoff wo gród ma sich foa chtelle kan.
Dann, kimmt de Wainachtstóch, un di parente all bringe hemmta fa di kenna. Dan giebt de chrank foll un ma wées net wasfa hemmt ma de eascht em kinnt ón tut.
Awa, es wóore óh di tsaite wo ma net so fill an di pêckcha gedenkt hot, un meh an unsa gangung des lewe gedenk hot. Un fillmohls wóore ma net so órich gut mit de nôchbere, oda mit de parente. Dan, in de woche foa dem Wainachtstóh, sin di eltre bai de parent gerréest un hon sich nommo óngefang se gewe.
Di nôchbere sin óch besuucht gieb mit en totsent óia una dem érwell, oda mit en grohs un apetitlich waissmehls brot. Es wód ima so passiat: De êascht hot unsa muta uns geschickt es geschenk dort hin drón. Dan, wenn ma hin komm weat, sollt ma sóon:
- Nochbarin, unsa muta hot di óia geschikt. Sollt se awa glaich benutste wall di sin chon en woch allt. Di mamai hot óch gefrod ob si hait foa nacht kennt ene thêe bai aich drinke komme.
- Ia, gewiss! - Antwort di nochbars fró. - Só fa dain muti si kennt nohre komme, ich richte mich in de órwed fa das.
So is es dan passiat. Di muti is bai di nochbars fró móie gang un di froindschaft fon dem tóoch on forran wód nommo grohs un chtarrek. Do hat nohre ene bissie gute wille gefehlt.
Wolle mea diese Wainacht gut no unsa bekante guke, un denke was mea tun kenne fa alles um uns romm bessa lóofe kennt. Es wet des grehst geschenk sin fa es ganse naies ioa. Unsa hets will sich laicht fiile un so will alles bessa gehn in de geschefta un in unsa gesunthéd. Probia es!

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Brincadeiras de Criança / Khenna chpilunge

Quando éramos crianças, tínhamos uma brincadeira muito sadia que envolvia a língua Hunsrickisch. Era o seguinte: a gente pegava uma canção que estava fazendo sucesso no momento e cantava ela junto traduzida para o alemão. Assim, teve muitas canções da época da jovem Guarda e alguns sambas que receberam sua tradução para o hunsrickisch, inclusive dá para cantar junto, pois a gente incrementava a letra para que ela batesse na melodia com o original. Portanto, as palavras entre os parênteses são acrescentadas para fechar o tempo com a letra original.

Se lembra?

Feche Os Olhos
Renato e Seus Blue Caps

Composição: J.lennon/P.McCartney (versão: Carlos Imperial e Eduardo Araújo)

Feche os olhos e sinta um (doce) beijinho agora
De alguém que não vive sem você
Que não pensa e nem gosta de outra menina (bonita)
E tem medo de (assim) lhe perder

Todo a...mor desse mundo parece querida
Que está dentro do meu coração
Por favor queridinha divida comigo
Um pouco da minha paixão

Coisa linda coisa que eu adoro
A gotinha de tudo que eu choro
Coisa linda coisa linda


Versão Hunsrickisch:

Chliis di Aue

Chliis di aue un fiil iets en sisliches kissie
Fon iemand wo lebt net ohne dich
Wo denkt net un lieb net en anna chehn medche
Un hot bang dich do so falêere.

Alla liebe des welt, es chaint mea main liebling
Es weat gans in maines héts
Bitte main lieblingche tuh mit mea fatéele
En bissie fon mainem paschon.

Chehnes dingche, dingche ich adorire
Das klen trepfie fon alles wo ich brille.
Chehnes dingche, chehnes dingche

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

HIN UN HEA / ÁUSTRUCKE

Noch áustrucke
Ouça aqui

Di lait hon do hia in dem blog falangt mea sollte gesetsa chraiwe. Das hot mich mechtich gefróid, so hon ich mea foa geholl noch phóo gesetsa samma reffe un hia bai bringe. Du kannst dich froue fon wo ich di all hea hon. Ái di komme fon alla eckke hea. Di mêaschte wóore do rom in de hefta ufgeschrib geb wen iemand se gesóon hat. Un di andere hon main fróinde bai gebrun un mich druf arrínad. So, do sin se:

Tradução: POR AÍ

Mais ditos
As pessoas me pediram neste blog para que escrevesse ditos. Isto me alegrou bastante e assim me prontifiquei a juntar mais alguns ditos e apresentar aqui. Você pode se perguntar de onde consegui eles todos. Bom, eles vem de todos os cantos. A maioria eu fui anotando no caderno quando alguém os dizia. E os outros meus amigos trouxeram ou relembraram. Assim, aqui estão eles:

Iwa chtrait: sobre brigas:
"Di hot ima noch ene khees sac se wesche foam chtorrem!"
"Ela ainda sempre tem um saco de requeijão para lavar antes do temporal!"
"Foam unnwetta fenkt es fon wáit ón se tunnre."
"Antes do temporal começa a trovejar de longe."

Iwa di lait un sain kepp: Sobre as pessoas e suas cabeças:
"Ieda knoche hot ima bissie márrich in de mitte."
"Cada osso sempre tem um pouco de tutano no meio."
"De is so dumm un órem das ea hot di woscht un khén dórem!"
"Ele é tão bobo e pobre que ele tem a linguiça e não tem tripa!"
"Dicke stéen un dumme lait find ma in alla ecke un alla sait!"
"Pedras grossas e idiotas se encontra em todos os cantos e em todos os lugares!"
"Di dickplêssiche muhle diene noch net mo fa se wuhle."
"Os burros cabeçudos não servem nem para cavocar."

Iwa di fehla: sobre os erros:
"Rômgedreht is óch gefóo!"
"Dar a volta também é dirigir!"
"Gefêalich is de easchte fots noh'm chessa!"
"Perigoso é o primeiro peido depois da diarréia!"
"Di beste catolike fahaue alsmohls óch di micke."
"Os melhores católicos também esbofeteiam de vez em quando as moscas."

En gesêtsie:
"Háile, háile khatsedreck, moie frii is alles weg!"
Uma crendice:
"Cura, cura merda de gato, amanhã de manhã tudo estará sarado!"

Gemainde áustrucke: Ditos populares:
"Wea da klénes net eat is das grosses net weat!"
"Quem não dá valor ao pequeno não merece o grande!"
"So wi de hérr, so es geschérr!"
"Assim como o dono, assim são suas ferramentas!"
"Hall dich munda, fall net runda!"
"Mantenha-se em forma, não tropece!"
'Frohe stunde héhle alla wunde!"
"Momentos alegres curam todas as feridas!"
"Ene geschenkne gaul gukt ma net in's maul."
"A cavalo dado não se olha os dentes."

Iwa di órwed: sobre o trabalho:
"Rechta mied im gang alls gemiedlich un krank."
"Antes cansado no andar do que descansado e doente."
"Di Katrin un sai woll, de Hannes un sain moll
Mache di nochb're gans doll un de seckell gans foll."
"A Catarina e sua lã, o João e seu moínho
Deixam os vizinhos bem tontos e o bolso bem cheio!"

Iwa di fáule: sobre os vadios:
Wea móinds lenga chleeft helt es ôwens lenga aus!"
"Quem dorme mais de manhã aguenta mais à noite!"

Iwa di kníksiche: sobre os pão duros:
"Aus ene tsu'ne hand falt khéene nickel."
"De mão fechada não cai nenhuma moeda!"
"Lammsang gelt baut en welt."
"Wea tsuu halt beschaist sich net.!"
"Quem segura não se borra."

Iwa fiille faschprochung: sobre muitas promessas:
"chene blume komme ima aus ene faule bodem!"
"Belas flores sempre vem de um chão podre!"
"No'm schwants kimmt de pans!"
"Depois da barriga vem o rabo!"

Iwa unnbeclóbung: sobre desconfiança:
"Ieda Hentsie hot sain chwentsie, ieda Tsillche hot sai brillche!"
Cada Joãozinho tem seu rabinho, cada Ceciliazinha tem seu oculozinho!"

domingo, 14 de dezembro de 2008

Aprendendo o Hunsrickisch 21 - verbos

Um verbo que não existiam quando os alemães se instalaram aqui no sul do Brasil e sua conjugação:

Gravar - gravire

Presente: ich gravire, du graviast, de graviat. Mea gravire, dea graviat, di gravire.

Pretérito perfeito: ich hon graviat, du host graviat, de hot graviat. Mea hon graviat, dea hot graviat, di hon graviat.

Pretérito imperfeito: ich het graviat, du hest graviat, de het graviat. Mea herre graviat, dea het graviat, di herre graviat.

futuro do presente: ich will gravire, du willst gravire, de will gravire. Mea wolle gravire, dea wollt gravire, di wolle gravire.

Futuro do pretérito: ich mecht gravire, du mechst gravire, de mecht gravire. Mea mechte gravie, dea mecht gravire, di mechte gravire.

Gerúndio: am gravire.
Particípio: graviat

Bissie Gelô - Di Rantsich Tante - Tradução

A tia Ranzinza


As pessoas e as famílias se compõe no modo geral no mundo inteiro sem muita diferença.
Entre as famílias sempre tem pessoas alegres e pessoas insatisfeitas. Mas, quando está junto uma tia solitária, a qual mora junto da família e convive com ela, então tudo está perdido.
Assim, uma tia insatisfeita, gorda, solitária e com uma poupança razoável no banco, é uma das mulheres mais venenosas que se pode conhecer. E quando ela mora junto com uma família, fica difícil as crianças se criarem corretamente com a sua companhia.
Em Despique, vivia junto com a família Schrammel, a tia Elza. Era uma autêntica mulher insatisfeita, a qual só sabia se queixar sobre todas as coisas.
Ela possuía alguns fiozinhos de pêlo embaixo do nariz e uma generosa verruga com dois pêlos longos do lado da boca. Ela era gorda e solitária. Nunca havia casado.
Elza ajudava seu irmão na roça e tudo era difícil. Se previnir para levar as crianças adiante em seu crescimento não era fácil. E uma tia como ela, para levar a vida com o pouco poder aquisitivo que tinha, mal ganhava o suficiente para colocar na poupança. E ela, como a tia de nossa história, era pão-dura, gorda e poupadora.
Ela se queixava sempre sobre a vida de colono, que ia terminar, que eles iriam falir.
Então, um sobrinho que sempre a escutava se queixando, perguntou:
- Então, tia, o que então é ser pobre?
- Você não pode imaginar isto, Benjamim! Ser pobre é indescrit´vel. Não se tem comida, dinheiro, nenhuma satisfação, nenhuma companhia e nenhuma alegria!
- Cruzes, tia, isto então é ruim. Realmente não se pode ficar pobre. O que
mais tia?
- Pois, ser pobre é principalmente estar insatisfeito com tudo o que acontece ao nosso redor. Não se consegue imaginar como as coisas se antepõe a nós e como tudo inesperadamente acontece. Ser pobre deixaa gente simplesmente insatisfeito!
- Tia! - disse o garoto. - Agora sei o que é ser pobre!
- E então? - Disse a tia. - Com certeza já deves ter visto alguém que se espelhe na minha descrição.
O rapaz disse:
- Sim! E tenho muita pena esta pessoa porque ela sempre está conosco!
- Então, quem é? - Perguntou a tia. O rapaz disse:
- É você, tia: você é ranzinza, irritada, pão-dura, gorda e solitária.
Você deve ser uma colona muito pobre!
(qualquer semelhança é mera coincidência).



sábado, 13 de dezembro de 2008

Bissie Gelô - Di Rantsich Tante

Ouça aqui esta história: Di Rantsich Tante.mp3


Di lait un di familie grinde sich un tsie sich in de gans welt ohne en grohs unnaschid.
Una de familie sin uma lustige un untsufriedne lait drunna. Awa, wenn do so en léhn tante debai is, wo so bai a familie wohne un mit denna leewe, dan is alles faloa.
So en untsufriedne tante, fett, léhn, un mit en hallebmêesich chpóorung uf de bank, das is di kifftist fró wo ma do kenne kan. Un wenn di una en familie lebt, dan is es ima chlimm fa di khenna sich so tsie mit si debai.
In Despic, hot bai de Schrammel familie di tante Elza gelebt. Es wód en autentisch untsufriedne fró, wo nohre wusst sich beclówe iwa alles.
Si hat so phó hoa fédemcha unna de nóos un en ferháftniss wóds mit tswói so lange bódbeschte newam maul. Si wód fet un léhn. Hat sich ni fahairrat.
Elza hot gehollef saine bruda in de ross, un alles wód chlimm. Sich so foa chaffe fa di khenna dôrrich chleppe wód net laicht. Un so en tante wi di, fa sich dôrrich trón mit dem klenem fadienst, es hot kaum genuch geb fa uf di chpór kass se drón. Un si, gródso wi di seltsamme tante, wód knicksich, fett un chpórsammich.
Si hot awa ima sich beklóbt iwa das coloniste lewe, es gehngt net me, si dêere unna gehn.
Do, en êngelche, wo ima si geheat hot sich kimmre, hot gefrod:
- Ia nach, tante, was is dan órem sin?
- Du kanst es dea net foa chtelle, Benjamin! Órem sin, is unnschraiblich!
Do hot ma khen esse, khen gelt, khen tsufriedenhéd, khen company un khen frohhéd!
- Main, tante, is das awa chlimm. Do kann ma wercklich woa net órem gewe. Was noch, tante?
- Ai órem sin, is haupsêchlich unntsufriede sinn mit alles wo um enem romm do passiat. Ma kann net faschtehn wi das dings ene foa hollt un wi alles so unnfahoft passiat. Órem sin, lisst enem emfach unntsufriede!
- Tante! - Sód de klene jung. - Jetzt wées ich was órem sin is!
- Ach so? - Sód di Tante. - Du wésst sicha chon jemand gesihn hon wo sich gródso alls mein beschreibung sich chpiichelt.
De jung sód do:
- Gewiss! un ich daure sehr di person, wall si ima bai uns is!
- Ia wea is es dan? - froht di tante. De jung sód do:
- Ai du, tante: bist rantsich, krintsich, kniksich, fett un allén. Du
must en iwa órem colonist sin!
(ieda ennlichkaite sin nua cointsidense).

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Aprendendo o Hunsrickisch 20 - Frases

Os dias da semana

No alemão Hunsrickisch, todos os dias da semana são no masculino, com excessão à Quarta-feira, que apesar de ser no feminino (Mittwoch: di mitte fon de woch), é falado no masculino, talvez, devido à analogia com o português onde Mittwoch significa: o meio da semana - ou seja, masculino.

Frases do dia e da semana:

Eu gosto das Segundas-feiras porque vejo que tenho uma semana inteira de bons trabalhos pela frente.
Ich hon génn di montache wall ich sihn das ich hon en woch folle gute órwede foa.

A manhã de Terça-feira é especial: sempre recebo a visita de minha filha. E, à tarde, quando ela vai embora, já me encho de saudades esperando a próxima terça-feira.
De denstach móind is ecstra: ima bekomme ich de besuuch maines dochta. Un mittachs, wenn es fott macht, dan fille ich mich mit fallangre am wódung de negste denstach.

Na Quarta-feira eu namoro. Pego o carro e vou até a cidade vizinha encontrar com meu grande amor.
An dem mittwoch namorire ich. Ich holle de auto un fóore bis an di nêwas chtadt fa maine grosse libe óntreffe.

Quintas-feiras minha avó sempre faz uma fornada de pães para o fim-de-semana. Apesar de ela fazê-lo à tarde, o aroma de pão fresquinho fica no ar até de noite.
Dúnnischtach's tut mein wowo ima ene backuffe foll bred mache fa di ende woch. Obwohl de si macht míttach's, blaibt de gerruch fon fresches brod in de luft bis owens.

A Sexta-feira já tem gostinho de fim-de-semana. No início da madrugada de sábado sempre tomo uma cerveja.
De fraitach hot chon en ende woche's geschmeckche. Am ónfangs sammstach foatóoh drinke ich ima en bia.

No Sábado vou às compras: vou ao supermercado, à padaria, ao açougue e na fruteira.
Am sammstach gehn ich tsu de kóofung: gehn tsum mercóde, di beckerai, dem flaischnitsla un di fruchterai.

Domingos de manhã vou à missa e depois faço um gostoso churrasco enquanto minha mulher prepara uma maionese especial. De tarde faço uma soneca e de tardezinha sentamos na frente de casa para conversar. À noite olho televisão e depois, vou dormir.
Sonntach's móinds gehn ich in di mess un demnô mache ich ene chmeckliche churaske in de tsait wo main fró en ecstra catoffle salód prepariad. No míttach halle ich en chlêfie ab un foa nacht setse mea foa's haus fa fatsele. Am owend guke ich televissóm un demnô gehn ich chloofe.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Aprendendo o Hunsrickisch 19 - DINHEIRO

Frases falando em dinheiro.

minha vó é do Brasil e ela gastou 6740 reais para conhecer os Estados Unidos.
main vovo stampt aus Brasil un si hot secs tausend, sieben hunnad fíatsich konto gastead (ou faphuft, ou fahau) fa Notamerika kenne lénne.

Não bebia água somente chopp, mas agora que ele está custando 3,60, voltei para a água.
Ich hat kéhn wassa meh getrunk nua chopp, awa iets wo de drei konto un sêchtsich vêntin am koste is, sin ich nommo retua tsum wassa.

Mulher bonita não paga, mas homem sempre paga 5 reais.
En chehn fró betsóld net, awa de mann betsóolt ima fennef konto.

Saia daqui, não quero comprar nada! Por 1,99 compro um leite e um cacetinho (pão francês para o gaúcho) !
Geh do wech, ich will nics kóofe! Fa ene mil nóin un nóintsich kóofe ich en millich un en becka bredche!

Vou vender uma vaca ao senhor Schmidt por trezentos e cinquenta reais.
Ich gehn em Herr Schmidt en kúu fakóofe fa drai hunnad un fênneftsich konto.

Eu calculei já isso, são 22 reais e 70 centavos.
Ich hon es chon gerrêchend, es kost tswói un tswantsich konto un siebtsich vêntin.

Como o gás está caro! Me cobraram trinta e oito reais!
Es de góos taia! Di hon mea acht un traissich konto cobread!

Eu vi o leite em oferta por 1 real e sessenta e nove centavos no mercado da esquina.
Ich hon gesihd di míllich am óngebot gewe fa ene mil un nóin un sechtsich vêntin an de vende fon de eskine.

Nenhum negócio dá tanto lucro quanto trabalhar honestamente: aos poucos progrides e o milhão te espera!
Khéhn gescheft gebt so fil fraigelt als êalich chaffe: lamsam gehst du fôrran un de milion wód dich!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

BISSIE GELÔ - DI PÊCH - TRADUÇÃO

O Azar

É impressionante como tem pessoas que não têm sorte. Existem pessoas que tem muito azar e tudo na vida dá errado. Existem pessoas que não tem mais o que decidir na vida e acreditam de verdade que a vida iria terminar.
E assim aconteceu uma vez com o Arlindo. Era um homem simples da colônia, mas que se meteu em muitas dívidas. Arlindo estava no fim do seu crédito. Ele estava enlouquecendo.
Tinha perdido seu emprego, não encontrou outro emprego e estava cheio de dívidas. O banco não queria lhe emprestar mais dinheiro e os amigos, quando o viam, faziam de conta que não o estavam vendo, só para não precisar mais lhe emprestrar dinheiro.
Arlindo realmente estava decidido a se suicidar. Mas, no momento crítico, com o revólver na mão, ele pensou: "Eu deveria, pois, experimentar primeiro escrever a Deus! Quem sabe ele não me ajuda!
Assim aconteceu. Ele escreveu assim: "Deus, eu não estou bem. Não tenho mais dinheir, ninguém me empresta mais, minha esposa e meus dez filhos estão doentes e eu não sei como continuar. Se você quiser me ajudar, me mande mil reais, assim isto seria uma grande ajuda para mim."
Então ele fechou a carta e sobre o envelope escreveu: Para Deus. Endereço: Céu.
Quando a carta chegou no correio e o carteiro viu o endereço, não soube o que fazer com ela. Então ele a abriu, leu, e as tristes palavras o tocaram. Então ele mostrou a carta para os seus colegas e todos se propuseram a ajudar o homem.
Eles recolheram dinheiro de todos os lados entre os colegas, entre os clientes, entre os vizinhos, e no fim da semana tinham conseguido arrecadr novecentos reais.
Eles colocaram o dinheiro num envelope e enviaram para o remetente.
Arlindo, quando recebeu a carta, ficou fora de si com o presente. Contou o dinheiro, recontou e mais uma vez contou.
Depois de uma semana chegou nova carta para Deus no céu. Os carteiros logo abriram a carta e nela estava assim escrito.
- Querido Deus, muito obrigado pela ajuda. Mil obrigados, sinceramente! Sua remessa de dinheiro salvou a minha vida. Eu só gostaria de pedir o seguinte: na próxima vez em que quiser remeter dinheiro, por favor, remeta em cheque, porque na última vez os carteiros roubaram cem reais de mil.
(Qualquer semelhança é mera coincidência).

BISSIE GELÔ - DI PÊCH

Ouça a historinha:
Di Pêch.mp3

Di Pêch

Es is ausnams wi das lait giebt wo ken glick hon. Es giebt lait wo mêchtich pêch hon un alles im lebe geht falsch. Es giebt lait wo kene sinn me hon in em lewe un menne wercklich es lewe gehngt ans enn.
Un so is es mohl passiad mit em Arlindo. Es wód ene gewehnliche man fon de coloni, wo awa sich in mechtich fill chulde renn gemischt hat. Arlindo wód am enn fon sainem credit. Ea wód farrikt am gewe.
Hat sain órwed faloa, hat ken anna órwed gefun un wód foll chulde. Di bank wollt em ken gelt meh lehne un di fróinde, wenn si ea gesihn hon, hon se gemacht als si net ea am sihn were, nohre fa ken gelt me brauche em lehne.
Arlindo wód rackstich im sinn fas sich umm bringe. Awa, an dem crítische moment, mit em revolfa in de hand hot ea gedenkt: “Ich misst doch de êascht probire tsu Gottes chráiwe! Wea wées, Ea will net mea hillfe.”
So is es passiad. Ea hot so geschrib: “Gottes, ich sinn net gut drón. Hon ken gelt meh, niemand lehnt mea meh, main fró un main tsen khenna sin krank un ich wées nimmi wi waita mache. Wen’s du mea hellfe willst, chik mea tausend mill, so wet es mea en grohs hillf sin.”
Do hot ea de briif tsu gemacht un uf de envelop horra geschrib: Fa Gottes. Adress: Himmel.
Wi de briif in di post kom is un de post man di adress gesihn hot, wusta net was demit mache. Do horra de uf gemach, gelehst, un di trauriche wetta hon ea óngegriff. Do horra de briif fa sain golege getsaicht, un all hon se sich foa genomm dem man mit hellfe.
Si hon gellt fon alla saite samma geschaft una de colege, una de cliente, una de nôchbere, un am énn a woch, harre se gepackt nóin hunnat mil samma raffe.
Si hon es gelt in a envelop getun un dem remetent geschikt.
Arlindo, wi ea de briif bekomm hot, is ea ausasich geb mit dem geschenkt. Hot es gelt getsehlt, nommo getsehlt, un nochmo getsehlt.
Nô en woch, is nommo ene briif tsu de post komm fa Gottes im Himmel. Di post menna hon glaich de briif uf gemacht, un do drin hot geschtan:
- Liwa Gottes, sehr danke fa dain hillf. Fill danke êalich! Dain gelt sendung hot main lewe gerret. Ich wollt nohre dieses dea fallange: es negste mohl wo’s du mea gelt sende willst, bitte, send es in check, wall am letste mohl hon di post menna hunnat mil fon tausend geklemmt.
(Ieda ennlichkaite sin nua cointsidense).

domingo, 7 de dezembro de 2008

Entrevista em Hunsrickisch - texto em alemão e Português

 Esta entrevista foi realizada com Paulo Klein




gumoie
bom dia
gumoie
bom dia
Do hia bai uns hon mea hait de Klein's Paul,
Hoje conosco temos o Paulo Klein
un mea tun bissie mit dem uf plattdaitsch, hunsricka daitsch chpreche
e nós vamos conversar um pouco com ele em alemão Hunsrickisch
fa sihn wi de geschprooch lóofe tut wenn mea mitsamma chpreche tun.
para vermos como transcorre esta conversa quando falamos entre nós.
Gumoie, Paul! Gumoie Pio!
Bom dia, Paulo! Bom dia, Pio!
Fon wo chtamm's du hea?
De onde você é?
Ich senn fon de colonii fon de chtat fon Erechim!
Eu sou da colônia da cidade de Erechim!
Wi hées das plats?
Como chama este lugar?
Linha Poço Grande...
Linha Poço Grande...
Hot das ene daitsche nóome, orra?
Este lugar tem alguma denominação alemã, ou?
aah, nê, hot khé' daitsche nóome!
aah, não, não tem denominação alemã!
Das hot nohre, héest Linha Poço Grande!
Ela só tem, chama Linha Poço Grande! -
Dann hett'a imma Linha Poço Grande gesód?
Então vocês sempre disseram Linha Poço Grande?
Ia, ia!
Sim, sim!
Blaibt's wait fon de chtat wech?
Isto fica longe da cidade?
Secs un dráissich kilometa.
Trinta e seis quilômetros.
Dann... dann is das awa gans in de colonii?
Então... então é bem na colônia?
Gans in de colonii!
Bem na colônia!
Un, bis wieffel ioa wusst du khéen potugiesisch chpreche?
E, até que idade você não soube falar português?
Wie? Ich hon dain 'pergunt' net faschtann!
Como? Eu não entendi a sua pergunta!
aah... bis wieffel ioa hosst du net gewust en anna chprooch chpreche als de plattdaitsch?
Ah,... até que idade você não sabia falar outro idioma a não ser o Hunsricker?
Bis secs ioa.
até seis anos.
Bis secs ioa? Dann hon ich dich gewunn! Ich hon mit siewe ioa óngefang!
Até seis anos? Então eu te ganhei! Eu comecei a falar o português com sete anos! portugiesisch chpreche!
Bis secs ioa!
Até seis anos!
Un was wóod daine grehste bang fa in di chuhl gehn...
E qual era o seu maior temor para ingressar na escola...
...wie's du óngafang host potugiesisch lenne?
...quando aprendeste o português?
Góo khéen bang harre ich gehat!
Nenhum medo eu tive!
Dann wóost du ima mutwillich un hosst ima mit fill luste alles gellénnt?
Então tu eras sempre animado e aprendias tudo com vontade?
Ia wohl, ia!
Certamente, sim!
Un... was het dea in de colonii óngebrung?
E... o que vocês faziam na colônia?
Ai mea hon aah... in de colonii ima milhe geplantst, soja, bohne, chwain getsô...
Dann wód dea echte baure?
Então vocês eram autênticos colonos?
É que nós aah... Na colônia plantávamos milho, soja, feijão, criávamos porcos...
Io, io! Ich sen en khent fon bauasch lait!
Sim, sim! Eu sou filho de colonos!
Un weche was host du di bauaschaft uf de sait geloss?
E por que você deixou o trabalho de colono de lado?
Ai... das wód ima so chrôo gewêes weche in de tsaite hots khé' financiament geb fa di plantsung, muste di lait alles sellwa mache, un do sen ich nôo gang fa in de chtad se chaffe fa ene lohn se tsie, un... do sen ich hia no Caí chtat komm.
É... que sempre era difícil naqueles tempos porque não havia financiamento para o plantio, as pessoas tinham que fazer tudo por conta, e então eu vim atrás para trabalhar na cidade, então vim para o Caí.
Mit wieffel ioa bist du aus de colonii gang?
Com que idade saíste da colônia?
Mit fíatsen ioa!
Com catorze anos!
Fíatsen ioa?
Catorze anos?
Dann wusst'e chon di gans órwed fon de plantóoj?
Então já sabia todo o serviço da roça?
Io, io, io, io! Ich hon ima gehollef di órwed in de plantój se mache!
Sim, sim, sim, sim! Eu sempre ajudei no serviço na roça.
Hosst du khéne luste fa ene tóoh nommo tsurrick tsu de colonii?
Você não tem vontade de algum dia voltar para a colônia?
Ich hon ima geschproch: wenn ich mich aposentere ene tóoh in di colonii gehn un chaffe...
Eu sempre falei: quando me aposentar um dia, voltar para a colônia e trabalhar...
...en gut órwed?
Io io.Haitsestóohe hot machine fa alles... - ...alles, machine fa alles laichta tsu chaffe.
Sim, sim. Hoje em dia tem máquinas para tudo... ...tudo, máquinas para facilitar o trabalho.
Was betriebst du haitsestóohe?
O que você faz hoje em dia?
Ai, ich tuhn tsaitung mache un an de radio chtatsion chaffe!
Pois, eu faço um jornal e trabalho na emissora de rádio!
Un, ...gebt das dea gute luste so en órwed?
E, ...este trabalho te dá prazer?
Es giebt fill órwed awa óh gute luste, chehn se chaffe, láicht se chaffe...
Dá bastante trabalho, mas também prazer, bom de fazer, fácil de fazer...
...ima mit de lait ummgehn?
... sempre lidando com as pessoas?
io, io, ima mit de lait ummgehn, kennst ima meh dings un chafst do de foa
Sim, sim, sempre lidando com as pessoas, conheces mais coisas e trabalhas para isto
Un, eeee, meh 'amissóde' mache...
E, éeh, fazer mais amizades...
Un was ménnst du met unnsrem Hunsricka daitsch? Tud de waita gehn?
E o que você pensa sobre o nosso alemão Hunsricker? Ele vai continuar?
De misst meh waita gefiat gewwe, das misst meh 'incentiviad' gewe fa das di lait de meh chpreche.
Ele deveria ser levado adiante, ele deveria ser incentivado para que as pessoas o falassem mais.
Di lait chpreche khéhn meh Hunsricka unanna!
As pessoas não conversam mais o Hunsricker entre si!
Nêe, Nêe, di tuhn nimmi chpreche, das misst meh,... ...de hémm, ich un main fró, mea tuhn das ima noch chpreche mitsamma unnich uns.
Não, não, elas não conversam mais, isto deveria mais, ... ...em casa, eu e minha
Em ambas as línguas!
Tswói sotte? - Io!
Ambas as línguas? - sim!
No iach, Paul, dankeschehn das du bissie mit mea geschproch hosst, mea wolle hoffe das das meh mohls passire tut!
Então está, Paulo, obrigado po ter falado um pouco comigo, e esperamos que isto aconteça mais vezes!
Bitteschehn Pio, un danke das du mich gefrod hosst fa die chprechung gewe do fun.
De nada, Pio, e obrigado por ter me perguntado para estabelecermos esta conversa.
Danke!
Obrigado!

Entrevista em Hunsrickisch



Neste vídeo fiz uma entrevista em alemão Hunsrickisch com uma pessoa comum, falando das coisas do dia-a-dia. Tem a tradução da fala em legenda para um aprendizado melhor. Em breve, procuro colocar mais entrevistas.
Para ver as legendas traduzidas, caso não apareçam, clique no lado direito embaixo e marque: legendas visíveis.



Bissie Gelô - De Rothoa - Tradução

O Rúivo
Desde que o mundo gira existem pessoas infiéis. Os seres humanos ainda viviam pelas cavernas, e já as mulheres traíam os maridos e os homens já bobeavam as mulheres.
Ouve-se histórias sobre pessoas infiéis todos os dias. Muitas vezes resulta até em mortes. Sempre é difícil para quem é enganado. O ser humano, no casamento, não quer se repartir.
Na colônia ainda é mais difícil que na cidade porque lá as pessoas se conhecem e assim que isto aconteceu, toda a comunidade já fica sabendo.
Quando na traição uma criança é gerada, então o mundo está perdido. Quantos casamentos se desfizeram por causa de uma criança que foi gerada pela traição da mulher! Isto sempre está acontecendo por aí. Então as crianças sempre são parecidas com o pai ou com a mãe, ou misturadas. Mas sempre têm semelhanças com um dos dois.
Quando então a criança não se parece com os dois, então a desconfiança está aí. E assim aconteceu uma vez em Arroio Verde, perto de Feliz.
Era uma família, o homem o Pedro, a mulher, a Cecília e cinco filhos. Quatro morenos e um rúivo. Todos eram parecidos entre si. Mas o rúivo era bem difente dos outros.
O Pedro já desconfiava desde o garoto nasceu de que ele não era seu filho, então ele perguntou:
- Cecília, me diz a verdade: o pequeno rúivo com certeza é meu?
Ela respondeu:
- Sim, Pedro, por Deus do Céu! O rúivo com certeza é teu. Tu o deves amar como verdadeiro filho teu.
Mas o Pedro não tinha tanta certeza sobre o garotinho. Onde já se havia visto isto: os quatro primeiros filhos todos de cabelo preto, sem sardas no rosto e todos com um comportamento parecido. O pequeno rúivo, completamente diferente, não se deixa mandar direito e ainda por cima, tem o rosto cheio de sardas, algo que ninguém na família tem.
O tempo passou, as crianças cresceram e Pedro nunca aceitou plenamente que o rúivo fosse seu filho. Um dia, ele acabou no hospital e os médicos descobriram que ele era doente terminal. Então ele mandou vir a família. Quando a esposa estava com ele, ele disse:
- Cecília, pela última vez. Me diz a verdade porque estou morrendo e não gostaria de levar comigo uma dúvida. O rúivo é realmente meu filho?
- Então, Pedro, como não pode ser diferente, vou te dar a real: o rúivo com certeza é teu filho!
- Mas como, então? Como pode ele ser diferente dos meus outros filhos?
- Falando sinceramente, o rúivo é teu filho e os outros quatro são filhos do vizinho!
(Qualquer semelhança é mera coincidência.)

☺ Bissie gelô - De Rothoa

De Rothoa
Tsait di welt sich dreht giebt es únntrauiche lait. Di mensche honn noch in de hohle do rom gelebt, dan honn chon di frólait de mann hinnagang und di menna honn chon di frólait fa de flabbes gehall.
Do heat ma iede tóoch fon únntrauiche lait chtekka. Fillmohls gieb es bis toote debai. Es is ima chweia fa de wo hinnagang gieb is. De mensch, in a hochtzait will sich net fatéele.
In de coloni is es dann noch chlimma als wi in de chtadt, wall dort di lait sich all kenne, un so wi so was passiat is, dan gried di gans comunited es chon gewó.
Wenn in de hinnagangung dan en kent sich grind, dan is di wellt faloa. Wiefel hochtsaite sinn fagang weche en kint wo geboat gieb is mit en hinnagangung des fró! Es is ima do romm am passire. Dan sinn di khenna all éhnlich mit em fatta oda di mutta, oda famischt. Awa, honn ima en éhnlichkhét mit énem fon de tswói.
Wenn es kint dan net sich glaicht mit de tswói, dan is di unntrauung do. Un so is es mohl passiat in Grinbach, dicht an Feliss.
Es wóod en familie, de mann de Pheda, di fróo di Tsília, un fennef khenna. Fia chwatskepp un ene rothoa. Alles wóre es guri. Di fia chwatskepp wóre all éhnlich unnana. Awa de rothhoa wód gans annischta.
De Pheda hot chon tsait das guriiche uf die welt komm is, net so órich getraut es weat sain. Do horra gefrod:
- Tsília, sóo mea di wôachéd: is de klene rothoa sicha main?
Si Antwort:
- Gewiss, Pheda! Im Gottes wille! De rothoa is sicha dain. Du sollst ea liebe als en echt kint fon dea.
Awa de Pheda hat net so ene óriche palpit iwa das guriiche. Wonê het ma mo sôwas gesihn: di fia easchte khenna sin all chwatskepp, ohne sonneflekke im gesicht un honn all ene éhnliche comportament. De klene rothoa, gans ánischta, lisst sich net richtich chikke un noch debai, hot es gesicht foll sonneflekke, etwas wo kene in de familie hot.
Di tsait is fagang, di khenna sin gewakst, un Pheda hot imma net gut óngeholl das de rothoa saine jung weat. Ene tóoch, is ea in es kranke haus gefall un do honn di doktre raus gefunn es weat en krankhéd wo ea fics todbringe ted. So is es passiat. In tswói woche wód Pheda chtérblich krank im krankenhaus. Do horra di familie komme geloss. Wi di fró léhn bai em wód, do sóora:
- Tsília, tsum letstes mohl. Só mea di wôached wall ich am chtérbe sinn, un mecht net main unntraung mit nemme. Is de rothoa sicha main kint?
- No iach dann, Pheda, wenn es net ánischta sinn kann, dan gebe ich dea di wôachéd bai: De rothoa is sicha wohl dein kint!
- Ja wi so dan? Wi kann de dan so ánischta sinn alls mein andere khenna?
- Ufrichtich geschproch: de rothoa is dain kint un di andere fia sin em nôchbar sain khenna!
(Ieda ennlichkaite sin nua cointsidense.)

sábado, 6 de dezembro de 2008

♦APRENDENDO O HUNSRICKISCH - VERBOS 4

Mais perguntas sobre verbos:
O sucesso foi traçado com as frases inseridas no contexto do verbo.
Assim, vou atender a mais um pedido: conjugar o verbo ter em todos os sentidos.

Presente:
Ich hon khéen gelt - Eu não tenho dinheiro.
du host khéen gelt - tu não tens dinheiro.
De hot khéen gelt - Ele não tem dinheiro.
Mea hon khéen gelt - Nós não temos dinheiro.
Dea hot khéen gelt - Vós não tendes dinheiro.
Di hon khéen gelt - Eles não tem dinheiro.

Pretérito:
Ich hat khéen gelt - Eu não tinha dinheiro.
du hast khéen gelt - Tu não tinhas dinheiro.
De hat khéen gelt - Ele não tinha dinheiro.
Mea harre khéen gelt - Nós não tínhamos dinheiro.
Dea hat khéen gelt - Vós não tínheis dinheiro.
di harre khéen gelt - Eles não tinham dinheiro.

futuro do presente:
Ich will khéen gelt hon - Eu não terei dinheiro.
du willst khéen gelt hon - Tu não terás dinheiro.
De will khéen gelt hon - Ele não terá dinheiro.
Mea wolle khéen gelt hon - Nós não teremo dinheiro.
Dea wollt khéen gelt hon -Vós não tereis dinheiro.
Si wolle khéen gelt hon - Eles não terão dinheiro.

Futuro do pretérito:
Ich mecht khéen gelt hon - Eu não teria dinheiro.
Du mechst khéen gelt hon - Tu não terias dinheiro.
De mecht khéen gelt hon - Ele não teria dinheiro.
Mea mechte khéen gelt hon - Nós não teríamos dinheiro.
Dea mecht khéen gelt hon - Vós não teríeis dinheiro.
Si mechte khéen gelt hon - Eles não teriam dinheiro.

Gerúndio:
ich senn net gelt am hon fa das ding.
Não estou tendo dinheiro para esta coisa.

Particípio:
Ich hon maine áichne luste geholl.
Eu tenho pego meu gosto próprio.

♦APRENDENDO O HUNSRICKISCH - VERBOS 3

Nesta aulinha, vamos escrever uma frase aplicando conjugação de verbos:

Vamos usar uma frase com o verbo gostar: génn hon - em todos os tempos da conjugação do verbo que é composto:

Presente:
Ich hon génn di eplle - Eu gosto de maçãs.
Du host génn di eplle - Tu gostas de maçãs.
De hot génn di epple - Ele gosta de maçãs.
Mea hon génn di epple - Nós gostamos de maçãs.
Dea het génn di epple - Vós gostais de maçãs.
Di hon génn di epple - Eles gostam de maçãs.

Pretérito:
Ich hat génn di epple - Eu gostei de maçãs.
Du hast génn di epple - Tu gostaste de maçãs.
De hat génn di epple - Ele gostou de maçãs.
Mea harre génn di epple - Nós gostamos de maçãs.
Dea het génn di epple - Vós gostastes de maçãs.
Di harre génn di eplle - Eles gostaram de maçãs.

Futuro do presente:
Ich will génn di epple hon - Eu gostarei de maçãs.
Du willst génn di epple hon - Tu gostarás de maçãs.
De will génn di epple hon - Ele gostará de maçãs.
Mea wolle génn di epple hon - Nós gostaremos de maçãs.
Dea wollt génn di epple hon - Vós gostareis de maçãs.
Di wolle génn di epple hon - Eles gostarão de maçãs.

Futuro do pretérito:
Ich het génn di epple hon - Eu gostaria de maçãs.
Du hettst génn di epple hon - Tu gostarias de maçãs.
De het génn di epple hon - Ele gostaria de maçãs.
Mea herre génn di epple hon - Nós gostaríamos de maçãs.
Dea het génn di epple hon - Vós gostaríeis de maçãs.
Di herre génn di epple hon - Eles gostariam de maçãs.

Gerúndio:
Ich sen am génn hon di epple - Eu estou gostando de maçãs.

Particípio:
Ich hat di epple génn gehat. - Eu tenho gostado de maçãs.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

☻HIN UN HEA / ÁUSTRUCKE UN GESETSA - TRADUÇÃO

EXPRESSÕES E DITADOS

Quem de nós que entende um pouco de alemão já não escutou de vez em quando um pequeno ditado ou uma expressão? Se a gente fosse compilar todas daria um livro. E a gente as ouve por anos e dias, e não se preocupa em anotá-las para que elas se eternizem. Assim, eu compilei algumas expressões e ditados. Neste artigo vocês podem ver quão profundos são os ditados em Hunsrickisch:
Para aqueles que sempre querem aparecer:
"Os nomes dos palhaços se encontra em qualquer lugar."
Para quem não está afim de ir trabalhar:
"A preguiça endurece os joelhos e os pés. Trabalhar adoça a vida!"
Para quem é precipitado:
"Melhor três dias a trote do que um a galope!"
Para aqueles que não gostam de trabalhar:
"Muito riso e fazer pouco, andam juntos como o pai e a mãe."
Para aqueles que sempre querem tirar vantagem de alguma coisa:
"Melhor bem caminhado do que mal andado de carro."
Para aqueles que sempre querem ter a última palavra:
"Raízes e idéias so ficam boas quando descascadas!"
Para os angustiados:
"Notícias ruins nunca vem a pé!"
Para os que tem mania de grandeza:
"Nem tudo o que brilha é ouro!"
Para quem cometeu um erro:
"Mentir e confessar é o mais fácil; verdade e angústia são o mais difícil."
Para ser um homem de verdade você precisa:
"Um frango na panela, um teto sobre as costelas,
Uma mulher que te mantenha na rédea.
Você precisa de gasolina no tanque, uma caixa de cerveja na geladeira.
E uma mão cheia de dinheiro miúdo."
Uma crendice:
"Vinho e cerveja te recomendo. Cerveja e vinho, deixa de lado."
Para os cabeçudos:
"As lentilhas onde estão? Na panela, elas incham, elas cozinham três semanas e ainda são tão duras como um osso!"
Para o excesso de impostos:
"Tão pouco leite e tão barato; tanto imposto e tão caro!"
Para os esnobes:
"Muita palha, pouco milho!"
"Quanto mais rico, mais ele chora!"
"Quanto mais endividado, mais impaciente!"
"Louvor próprio fede!"
"Divisão esmerada e alinhada nos cabelos, esconde um touro atrás da porteira."
Para os traiçoeiros:
"Os peidos mais fedorentos sempre são soltados debaixo da coberta!"
"A escrita divina não tem ponteira."
"Para roubar só se precisa ter uma mão livre."
Para estimular:
"As dificuldades nunca são maiores do que nossas idéias."
Para casais esqusitos:
"Cada panelinha tem sua tampinha."
Para algo que anda errado:
"Aqui estamos com nossos pés largos e nossos sapatos apertados!"
Um ditado sobre hospitalidade:
"Coisas boas para dentro e ruins para fora são lei em minha casa!"
Sobre o conhaque:
"O casaquinho mais quente sempre é o conhaquezinho."
Para quem levanta cedo de manhã:
"A hora matinal encontrou ouro."
Crendice para quando já choveu vários dias (para saber como será o dia seguinte):
"Quando você enxergar o sol se pôr no anoitecer, com certeza amanhã o tempo será bonito."
Para os preguiçosos:
"A gente só morre de fome quando tem preguiça de abrir a boca para comer!"
Para algo que é fácil:
"Bolachas e Olina se encontra em qualquer esquina!"
Para as crianças quando reclamam da comida:
"Quando o camundonguinho está satisfeito, a farinha é azeda!"
Para algo que anda errado:
"Quando você acha que tem a sorte, o peixe puxa o anzol de volta."
Para uma novidade:
"A gente fica velho como uma vaca e ainda aprende algo a mais!"

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

◘ HIN UN HEA / ÁUSTRUCKE UN GESETSA

Atendendo às votações feitas na enquete, trago para vocês diversas expressõe típicas do dia-a-dia do descendente Hunsricker de nossa região. Façam bom proveito!


ÁUSTRUCKE UN GESETSA

Wea fon uns wo bissie de daitsch fachteed hot net chon allsmo én gesetsie oda en áustruck gehead? Wenn ma ted di all baisamma chraive khent en buch ofsetse. Un di hêad ma iore un tóohe, un bekêmmad sich net fa di ofchraive fa di sich in di posteritet halle. So, hon ich phó áustrucke un gesetsa samma geschrib. In dem artikell kent dea sihn wi tiif di Hunsricka gesetsa sin:
Fa di wo imma tsum fôaschain komme wolle:
"Di nóme fon de keke find ma in alla eke."
Fa wenn iemand net luste hot fa chaffe gehn:
"Faulhéd chterkt di knie un di fiisse. Árbaite macht das leewe siissa!"
Fa wea áilich is:
"Rechta drai tóohe gerrit alls ene galopt!"
Fa di wo net genn chaffe:
"Fill lache un wênich mache, sin baisamma wi de pabba un di mamma."
Fa di wo wolle ima en vantóoje sich hebe:
"Rechta gud gang als chlecht gefóo."
Fa di wo wolle ima das letste wótt honn:
"Wotsle un pléen gebe nohre gud wenn se gescheelt wérre!"
Fa di êngstiche:
"Chlechte novitse komme nii tsu fuus!"
Fa di grosódiche:
"Net alles was blinkt is gold!"
Fa de wo ene fêela gemacht hot:
"Lie un baichte is es laichte; Wôachéd un engste sin di chlemste."
Fa ene echte mann sen, brauchst:
"Du brauchst ene hóon im tippe, ene tach iwa di rippe,
En fróo wo dich in gute laune hellt.
Du brauchst gasolin im tank, en kist bia in dem ais chrang.
Un en hand foll gléen geld."
En abaklóbung:
"Wain un bia das roth ich dea. Bia un wain, loss das senn."
Fa dickkôppiche:
"Di lintse wo sen se? Im tippe, di hoppe, di koche drai woche
un sen ima noch so hat wi ene knoche!"
fa de fiile chtaia:
"So wenich millich un so billich; so fill chtaia un so taia!"
Fa di êngebiltne:
"Filles lób, wenich milhe!"
"Wo meh raicha, so meh graischt'a!"
"Wo meh chuldich, so meh únngedultich!"
"Aichne lob chtinkt!"
"Ratsel risend chédel in de hoa, faschteckeld ene chtia hinna'm toa."
Fa di hínnawetsiche:
"Di chtíngiste féts wérre ima una de deck geloss!"
"Di Gottes chrift hot kéen chtift!"
"Fa se chtohle brauch ma nohre en frai hand honn."
Fa estimulire:
"Di chwíirichkhéde sen nii gressa als unsa pléen."
Fa kômische phêacha:
"Ieda tipche hot sain têckellche."
Fa etwas wo fackhêad léeft:
"Do chtehn ma mit unsa bráide fiis un enge chuuhe!"
En gesets iwa gastlichkhéd:
"Gutes renn un chlechtes raus sen lefitte in main haus!"
Iwa de koniak:
"Das wéremste ieckche is ima das koniekche."
Fa wea móinds frii ufchtaid:
"Móindes chtunn hot gold gefunn."
Abaklóbung fa wenn es chon phó tóohe gerrehnd hot:
"Wenn du ôwend's siih'st di sonn unnagehn is moie sich es wetta chehn!"
Fa di faule:
"Ma fahungad nohre wenn ma tsu faul is fa es maul uf mache fa se esse!"
Fa etwas wo laicht is:
"Bolache un Olina find ma in alla esquina!"
Fa di khenna wenn si iwa es esse reclamire:
"Wenn es máissie sat is, is das mehl bitta!"
Fa etwas wo fackead geht:
"Wenn du ménn'st du hesst das glick, tsied de fisch di angel tsurrick."
Iwa ene naie wunna:
"Ma wett alt wi en khúu un lénnt imma noch was da tsu!"

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

○ Enquete / frage

Sobre a enquete que estou fazendo, recebi com satisfação mais dois pedidos, entre eles, recebi pedidos sobre a pronúncia do Hunsrickisch e sobre expressões em Hunsrickisch. Atendendo a estes pedidos, estou trabalhando num vídeo que será postado aqui, onde faço uma entrevista em Hunsrickisch com o Paulo Klein. Estou trabalhando na legenda para ouvirem o que está escrito e assim em breve será postado aqui. Também temos 2 histórias já postadas neste blog onde tem o áudio para ser ouvido. basta acessar: Di Goldene Hochtsait e Comercial em Hunsrickisch.
Além disto estou recolhendo algumas expressões típicas para postar aqui. Aguardem!