Minha foto

Sou o tipo de pessoa incansável. Faço de tudo o tempo todo e gosto de construir resultados. Locutor, apresentador, colunista, escritor e defensor da língua alemã Hunsrickisch, apaixonado pela música alemã e pela culinária, tenho por hobby cozinhar, pintar quadros a óleo e tocar contrabaixo. Eletrotécnico de carreira, me aposentei nesta profissão, e agora, além de manter ainda minha oficina eletrônica trabalho como voiceover internacional em e-learnings e wbt. Amo tudo o que faço.

terça-feira, 24 de março de 2009

Entrevista em alemão Hunsrickisch com Oldemar Hensel




TEXTO DA ENTREVISTA: TEKST FON DE INTERVIEW:

Interview in Hunsrickisch mit Oldemar Hensel.

- Gumoie Olde!
- Gumoie Pio, alles gut?
- Alles! Wi is daine ganse nóome?
- José Oldemar Hensel.
- Hensel... Hensel fon wo?
- fon Bóbilon!
- Bóbilon... das is en plats wo blaibt wo dicht?
- Dicht an Buttabérrich!
- An Buttabérrich? un an was noch?
- An São Pedro.
- São Pedro?
- Hait, São Pedro da Serra. friasch wóod es nohre São Pedro.
- Un, no wasfa plats gehead Bóbilon?
- Hait, geheats tsu São Pedro da Serra.
- São Pedro da Serra!
- Di iore wi mea so flêtschatte wóore, hots tsu Salvador du Sul gehead.
- Kappesbérrich!
- Ia, Kappesbérrich.
- Un, was betribst du?
- Ich wohne hait in Santa Rita.
- Sandarridda! Sandarridda,
- Sandarrida! Un... geheat tsu municip Tupandi hait.
- Un... bist du chofeia, ora?
- Nêe, ich sen ene baua.
- Baua? ...Chafst du in de ross?
- Ich chaffe in de ross, hon ma ene hinkel chtall gebaut, chaffe mit phó chwain...
- Ah so! ... Un gibt es en gut entung in de plantserai? ...Was plantst du?
- Millhe, mandioc, rais, bohne, ...was ene baua mus plantse!
- Was ene baua mus plantse. ...Hea mo, ich hon geheat fatseele das jets óch tsait is fa bohne plantse. Gibt das ene naie tip?
- Jets is di tsait negst romm. Do kan ma awa plantse di tswette bohne. Awa di tun a measchte sóon di were bessa in es tippe renn tun!
- Ha, ha, ha, an chtats plantse, in es tippe renn tun.
- Dan weat es sicha geplantst!
- Dan weat es sicha geplantst in de móoche, gel?
- Ea! Awa ich hon, ich hat glick. Ich hon drai ioa de rai no mit de tswette bohne meh geénnt als wi mit de êaschte.
- Ah é? E qual é o mês certo para plantar?
- Ia, das is wi demnô di lait es pléene. Do sen fill wo di im August plantse un nohea, ausgangs Janua, di tswette bohne.
- Ah, ausgangs Janua! ...mea sen iets chon in méts!
- Di sen chon hottich fa se ente, di tswette bohne.
- Un host du ene grosse hinkel chtall?
- hunnad uf tswellef.
- Hunnad uf tswellef? Wiefel hinkle passe do rin? ...Das sin tausend tswoi hunnad quadrad meta. Wiefel hinkle passe do rin?
- Tswantsich tausend.
- Tswantsich tausend? ...Awa tuhn ima gaput gehn drunna?
- Alsmohls gehn tswói hunnad, alsmohl drai hunnad... das is demnô. Wenn du gute pipcha grihst fon de firma, dann kannst du óoch ene gute lot mache. ...Awa, wen du hin gehst un di tuhn dea chlechte pipcha bringe, dan kenne dea bis tausend fennefhunnad caput gehn.
- Ah, so!
- É normal. Eles consideram normal! Wéest du, di sóon das weat normal.
- Das is dann en entung brechung, hahaha.
- So etwas is es, hahaha.
- Un chwain, hosst du fill óch in dem chtall?
- Nêe, iets hon ich tswantsich.
- Tswantsich. Awa particular fittre ich di.
- Ah, gibst khéen rassom?
- Ne! Fudda, bohne saufes, millie, geschrodne millie un bohne saufes. Dann fudda!
- Di chwain fresse io alles wo du denna bai chmaisse tuhst!
- Ich will, wéest du, natural fittre, wi di friia sóore, meh gesunthéd. Di confineadne wo du fittre tuhst mit rassom tuhn net so foa gehn. Di chwain main, werre gefittat fon witsie mit dem wo ich ente, wéest du: mit millie, bohne, mandioc, ...das dings. Di sen ach naturól gefittat so!
- Ia! das is sicha! ...Was hosst du gemennt fon mainem granód epple chtock do hia?
- De is iwa chehn! Ich menne teht mea di grehst ab breche fa se esse.
- Du kannst dea di grehst holle un mit nemme. Das tuht mea nics. Ich menne di grehst, ...das is di tsáitist. Du kannst dea di ente! ...Das is dain betsóolung fa di interview wo du mea do geb host!
- hahaha, Danke chehn Olde!
- Bitte chehn! Di is chehn do!
------------------------------------------------------

Entrevista com Oldemar Hensel - Tradução:

- Bom dia, Olde.
- Bom dia Pio! Tudo bom?
- Tudo bom! Como é seu nome completo?
- José Oldemar Hensel.
- Hensel.... ... Hensel de onde?
- De Babilônia.
- Babilônia... Este é um lugar que fica perto de onde?
- Perto de Morro da Manteiga. - Morro da Manteiga? E que outro lugar?
- E São Pedro! São Pedro?
- Hoje São Pedro da Serra. Antigamente era somente São Pedro!
- E a que lugar pertence Babilônia?
- Hoje pertence a São Pedro da Serra!
- São Pedro da Serra!
- Antigamente quando éramos arruaceiros pertencia a Salvador do Sul.
- Kappesbérrich!
- Kappesbérrich, isto!
- Isto! ...E o no que você trabalha?
- Eu moro hoje em Santa Rita.
- Sandarridda. - Sim, Sandarridda. - Sandarridda! -
- Sim, Sandarridda, e ela pertence ao município de Tupandi.
- E... Você é caminhoneiro, ou? - Não, eu sou colono! - Colono?
- Colono? Você trabalha na roça?
- Eu trabalho na roça! ...Construí um galinheiro, trabalho com alguns porcos...
- Ah é?
- E... dá boa colheita? ...em sua plantação, o que plantas?
- Milho, arroz, aipim, feijão... tudo o que o colono precisa.
- O que o colono precisa plantar.
- Escuta! ... eu ouvi dizer que agora também é época de plantar feijão. É um novo tipo?
- Agora é tempo quase passado, mas dá para plantar ainda o feijão do tarde. Ainda dá para plantar, mas o melhor é plantar na panela!
- hahahah, em vez de plantar na roça, plantar na panela - Então com certeza vai estar plantado: no estômago! hahaha
- Mas eu tive sorte: nos últimos três anos, geralmente colhia mais feijão na segunda colheita do que na primeira.
- Ah, sim, então qual é o mês certo para plantar?
- Sim é de acordo como as pessoas planejam. Plantam normalmente feijão em agosto e final de janeiro, - Ah, final de Janeiro? ...Agora já estamos em Março.
- Sim, final de Janeiro! ....Agora já estamos na época de colher o feijão.
- E você, tem um grande galinheiro?
- Cem por doze - Cem por doze? Quantas galinhas cabem aí dentro?
- Mil e duzentos metros quadrados! Quantas galinhas cabem ali dentro?
- Vinte mil.
- Vinte mil? mas algumas sempre morrem!
- Às vezes morrem duzentos, às vezes trezentos... é de acordo, sabe! ... quando eles te trazem pintos bons, tu podes começar bem! Mas quando você vai e eles te trazem pintinhos ruins, podem morrer até mil e quinhentos.
- Ah, é assim! - É normal. Eles consideram normal, sabe, dizem que é normal.
- Ah então? Então é uma quebra de safra. - Hahaha, sim.
- E porcos, você tem muitos no curral?
- Não, agora Tenho vinte.
- Mas eu os alimento com comida própria.
- Ah, você não dá ração para eles? - Não.
- Pasto, lavagem, milho, milho esmagado, feijão.
- Os porcos comem tudo o que atiras para eles!
- Eu quero alimentá-los com comida natural porque eles crescem mais saudáveis.
- Os porcos confinados alimentados com ração não desenvolvem tanto. Já os meus porcos, são alimentados com o que eu planto: milho, feijão aipim, estas coisas! Eles também são alimentados naturalmente. - Sim!
- O que achaste do meu pé de romãs?
- Ele é muito bonito! Até já estava escolhendo uma para comer!
- Tu podes escolher a maior para colher. Isto para mim não é nada! Olha esta aí parece bem madura...
- Esta está bem madura, pode pegar. ...Este é o pagamento pela entrevista que me concedeste.
- Obrigado Olde!
- Bitte chehn. Di is chehn!



Nenhum comentário:

Postar um comentário