Minha foto

Sou o tipo de pessoa incansável. Faço de tudo o tempo todo e gosto de construir resultados. Locutor, apresentador, colunista, escritor e defensor da língua alemã Hunsrickisch, apaixonado pela música alemã e pela culinária, tenho por hobby cozinhar, pintar quadros a óleo e tocar contrabaixo. Eletrotécnico de carreira, me aposentei nesta profissão, e agora, além de manter ainda minha oficina eletrônica trabalho como voiceover internacional em e-learnings e wbt. Amo tudo o que faço.

segunda-feira, 21 de março de 2016

Pio Rambo falando em Alemão Hunsrickisch - com legenda em português

2 comentários:

  1. Grüsse aus São Paulo.
    Eine frage: como é o entendimento do pessoal aí do Caí quando o André Kuster fala. Quais as diferenças.
    Poderia ser um vídeo de como os falantes se entendem pelo Brasil afora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo,
      Griisse aus Caí.
      Obrigado pelo seu comentário. Até achei sua ideia interessante e vou pensar em algo onde possa fazer uma compilação das várias maneiras de falar o hunsrickisch no Brasil. Mas, meu amigo, de modo geral, entendo perfeitamente o André Kuster falando ou escrevendo, mesmo que tenha adotado a escrita da linguista Ursula Wiesemann. Mas o mais importante é que escrevemos de formas diferentes e temos alguns termos e expressões diferentes, ma mesmo assim nos entendemos e mantemos união. Grande abraço.
      Pio

      Excluir